REDES SOCIAIS – Perigos da Exposição de informações.

Especialista alerta sobre perigos da exposição excessiva na internet |  Centro Educacional Recriarte

Com o avanço tecnológico, o acesso à Internet leva cada vez mais os brasileiros à inclusão nos ambientes digitais, e as redes sociais ocupam uma posição de destaque nas estatísticas sobre o tema. Sem dúvida, estamos diante de um grande fenômeno o qual permite acesso a informação global, aprendizado cultural, política, lazer, relacionamento social e profissional. As redes sociais são meios de comunicação que interligam pessoas por área de interesse de forma virtual, com rapidez de divulgação independente da distância e com custo irrisório. Diante de tanta facilidade e amplitude, é certo que surgem pontos negativos que precisam ser tratados com muito cuidado, atentando para o uso correto das diversas ferramentas disponíveis na Tecnologia de Comunicação e Informação (TIC). Um exemplo na área profissional desse cuidado é que as empresas em busca de talentos, conectam-se às redes sociais para selecionar o perfil adequado do profissional, baseado em informações de conduta, hábitos, hobbies, preferências, comportamento ético, boa redação e habilidade de relacionamento dos candidatos.

Com a mesma facilidade que as redes sociais são utilizadas para divulgação de cultura, lazer e importantes informações, também são utilizadas para difamação, fofocas e intrigas que destroem relacionamentos e causam constrangimento às vítimas, além de atentados, apologia a crimes, maus tratos contra os animais e violações dos Direitos Humanos como aliciamento, incentivo ao racismo, neonazismo, homofobia e intolerância religiosa. Podemos exemplificar com fatos recentes como o Diário de Classe, página criada por uma adolescente estudante da rede pública em Florianópolis, no qual ela denunciava problemas na infraestrutura e didática de alguns professores de sua escola, um verdadeiro ato de cidadania. Por outro lado, pais de menores foram condenados pela justiça de Rondônia, por seus filhos terem criado uma comunidade em um site de relacionamento para ridicularizar um professor da escola onde estudavam.

Levantamos então as seguintes questões: qual o limite entre o público e o privado? Quais são os riscos sobre o que se publica nos sites? Quais os cuidados necessários quanto ao uso correto das redes sociais?

“A internet pode ser vista como a maior praça pública do mundo e esconde violência real nas esquinas virtuais” (Especial da Revista do 50º Congresso Nacional da Escola de Pais do Brasil).

Cuidados:

  • Não exponha detalhes de sua vida. Sua intimidade é preciosa e não deve ser aberta para qualquer um;
  • Quando divulgamos informações pessoais na internet, elas se tornam públicas;
  • Após publicar algo na internet, é impossível voltar a escondê-lo;
  • Os “cadeados” e bloqueios de acesso podem ser “quebrados” por pessoas mal intencionadas;
  • Seus dados podem ser roubados e manipulados para ofender e mesmo chantagear.

Dicas para manter-se seguro:https://escoladepais.org.br/publicacao/limites-e-cuidados-no-uso-das-redes-sociais-os-perigos-da-exposicao-publica/

  • Mantenha o mínimo de informações em seu perfil;
  • Se divulgar fotos, use as que não facilitem seu reconhecimento, nem endereço ou nome da escola;
  • O que importa é a qualidade e não a quantidade de amigos. Cuidado com estranhos;
  • Jamais aceite convite de encontro presencial com quem não conhece;
  • Troque sua senha periodicamente;
  • Caso seja agredido por estranhos, configure sua conta para bloquear os contatos indesejados;
  • Se visualizar conteúdos suspeitos de violarem os Direitos Humanos, denuncie em www.denuncie.org.br.

Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *